Free Joomla Templates by iPage Hosting

APRENDER COM A BIBLIOTECA ESCOLAR

No âmbito da comemoração do Carnaval, em articulação com as docentes Graça Sousa e Rosa Afonso e com o CDRCAmarense, a professora bibliotecária convidou Sr. Martinho, ex-presidente da Junta de freguesia de Amares e Figueiredo, para a realização de uma Palestra sobre O Carnaval: seu significado e importância. Esta atividade foi dinamizada no dia 2 de fevereiro, pelas 09h15m, na Biblioteca do Centro Escolar D. Gualdim Pais, destinada aos alunos do 3º ano, com os seguintes objetivos: compreender o significado da comemoração desta data; relacionar este dia festivo com o calendário litúrgico; incentivar a participação dos mais novos no Carnaval de Amares 2018, entre outros. Esta iniciativa teve início na Biblioteca deste Centro Escolar e, terminou com a visita às instalações da CDRCAmarense, onde está a ser preparado este momento festivo, que sai à rua a 13 de fevereiro, a partir das 15h30. O Sr. Martinho, muito animado fez-se acompanhar de alguns adereços, máscaras, vestidos, chapéus, que ia vestindo /colocando, deliciando os nossos meninos e meninas que se divertiram muito (dando sonoras gargalhadas!), com o entusiasmo, a vivacidade, a alegria e diria mesmo a paixão que o Sr. Martinho imprimiu à sua intervenção. Sempre em movimento, dançando e gesticulando, falou do Carnaval não só em Portugal mas por todo o mundo, principalmente do de Veneza, Viareggio e do Brasil. Salientou o carnaval de Viareggio tendo em conta as suas particularidades pois não é um dia de festa mas sim cinco dias: “Um evento que acontece por 5 dias de Fevereiro no litoral da Toscana e atrai mais de 800 mil pessoas!Participam do desfile cerca de 15 carros alegóricos de grandes dimensões, com esculturas animadas feitas de papel machê e até 250 integrantes fantasiados, além dos blocos mascarados e grandes bonecos isolados. Os carros são realizados na chamada Cittadella (um galpão do carnaval), por cerca de 25 empresas artesãs que empregam mais de mil pessoas.”Referiu que, normalmente, o Carnaval envolve uma festa pública e/ou desfile combinando alguns elementos circenses, máscaras e uma festa de rua pública. As pessoas usam trajes durante muitas dessas celebrações, permitindo-lhes perder a sua individualidade quotidiana. Em Portugal, o Carnaval é comemorado em todo o país, sendo o mais famoso em Ovar, Madeira, Loulé e Torres Vedras. No Brasil, em particular, no Rio de Janeiro, o Carnaval é celebrado com desfiles sumptuosos, samba e outros elementos musicais. Nas ilhas dos Açores, clubes locais e grupos de carnaval criam trajes coloridos e criativos. Na Ilha de São Miguel, o carnaval conta com vendedores ambulantes vendendo massa frita, chamada malassada. Na ilha da Madeira, a capital da ilha, o Funchal, acorda na sexta-feira, antes da Quarta-Feira de Cinzas, ao som de bandas de música e desfiles de Carnaval no centro da cidade. Nas instalações do CDRCAmarense, os nossos meninos e meninas viram e experimentaram diversas máscaras de carnaval e até uma cabeça de gigantone. O S. Martinho explicou fazendo também algumas demonstrações da forma como são confecionados as máscaras, os figurantes que obedecem a um tema a satirizar e dos materiais mais utilizados que são o papel, a esferovite e o gesso. Mostrou-lhes figurantes do ano passado como o Cristiano Ronaldo e o Eder, o jogador que marcou o golo da vitória de Portugal sobre a França no Europeu de futebol. Foi um momento singular pela alegria, satisfação e entusiasmo pois que todos queriam “tocar” no Eder! Como disse o Sr. Martinho, o carnaval é diversão, alegria, cor, música e dança mas também uma oportunidade de criticar a sociedade em que vivemos satirizando políticos, jogadores de futebol, treinadores, entre outras figuras públicas. Com uma alegria contagiante, o Sr. Martinho conseguiu cativar os nossos alunos que não vão, certamente, esquecer esta extraordinária atividade. Parabéns e obrigada Sr. Martinho! Bom Carnaval!

A professora bibliotecária

Maria da Luz Rocha Pereira

 

mLUZ